Traduções e copyright

 

Este currículo foi desenvolvido para ser usado por muitos países, em várias circunstâncias. Por seu nível descritivo, os autores de livros-textos, baseados neste currículo, estarão aptos a produzir textos de ensino adequados a situação local. A Unesco pode oferecer ajuda por meio do estimulo a conversão deste currículo em textos de ensino adequados as condições locais.

O currículo foi escrito originalmente em inglês. Com o intuito de alcançar a comunidade mundial, são necessárias traduções para, pelo menos, chinês, francês, russo e espanhol. Deve-se ter o cuidado de envolver os especialistas de direito em qualquer tradução. Tais traduções terão de ser autorizadas pela Unesco.

 

Traduções : Luiz Aristides Rios

Tradução de : Informatics for secondary education: a curriculum for schools.

Capa : Elizabeth Tognato / Estação das Mídias

Ilustrações originais : Pécub

HTML : Jean-Marc Robyr

Ficha Catalográfica

Informática para a educação básica: um currículo para escolas / por um grupo de trabalho da IFIP coordenado por Tom van Weert; coord. e rev. técnica da edição brasileira por Maria de Fátima Ramos Brandão; tradução de Luiz Aristides Rios - Brasília : MEC, Secretaria de Educação a Distância : UnB, Dep. de Ciência da Computação : UNESCO, 1997.

I. Informática na escola.
2. Currículos de informática.
3. Informática na educação. I. Weert, Tom van. II. Brandão, Maria de Fátima Ramos. III. Rios, Luiz Aristides.

CDU 681. 3:37

 

As ilustrações podem ser reproduzidas, na condição de que sua fonte original seja citada.
As opiniões expressas neste documento são de responsabilidade dos autores e não necessariamente refletem o ponto de vista dos responsáveis pela edição brasileira.

 

Retornar